“Anda na minha presença e sê perfeito” – Gênesis 17.1

Se olharmos pelas lentes humana, é praticamente impossível alcançar a perfeição. Devido nossa natureza pecaminosa, nossa tendência é sempre acharmos que jamais alcançaremos a perfeição. Na verdade, se comparado à perfeição do nosso Deus, verdadeiramente somos imperfeitos.
Se olharmos para alguns personagens Bíblicos, encontraremos homens com as mesmas características nossas, com a mesma deformidade de caráter e sujeitos as mesmas fraquezas que nós. Se Deus disse isso a eles, certamente diz nos nossos dias também e, se Deus disse “ande em minha presença e sê perfeito”, é porque isso é possível! O Senhor não nos pede nada que seja impossível de realizarmos, na força do Seu Santo Espírito.
Andar em Sua presença é não trilhar nossos próprios caminhos, se em todas as vezes que tivéssemos que tomar uma decisão, pudéssemos parar e nos perguntar: “Em meus passos o que faria Jesus?”, será que nossas atitudes e nossas reações seriam as mesmas? Creio que este pequeno passo nos levaria a andar na presença do Senhor. A perfeição que Ele requer de nós é consequência de um caminhar diário com o Senhor, através da leitura da Palavra, oração e, mesmo que venhamos a tropeçar ou errar, deve haver disposição em nossos corações de nos arrepender e recomeçar.
Andar com Deus deve ser o objetivo de todos aqueles que são chamados de filhos seus, afinal, Ele nos deixou bem claro que o Seu desejo é esse: que andemos em sua presença! A Bíblia declara que o homem que se afastou de Deus e se enveredou por caminhos tortuosos, caminhos que não fazem parte do maravilhoso plano de Deus para nossas vidas.
Como citado acima, a Bíblia fala de homens, como nós, que apesar de toda a deformidade de caráter e das fraquezas, ousaram andar com Deus, renunciaram seus desejos pecaminosos, sua rebeldia contra os mandamentos de Deus e que foram transformados a ponto de serem reputados como amigos de Deus: Noé, Abraão, Moisés, Davi, Daniel e Enoque.
Andar com Deus significa que há um relacionamento de intimidade com o Pai, significa que seus desejos, anseios e prioridades é estar em comunhão com o Pai em pensamentos e atitudes.
Se nós, como esses homens e tantos outros da Bíblia e da história do cristianismo vivermos intensamente nosso relacionamento de amor para com o Senhor, ao ponto de propagarmos nossa fé e promovermos os valores espirituais, certamente alcançaremos esta geração e as próximas, deixando a elas um legado de fidelidade, intimidade e temor a Deus.
Quando nos aproximamos mais e mais de Deus, Ele toma a iniciativa de nos convidar para estarmos em sua presença, para sempre. A cada dia devemos firmar um compromisso de sempre andar em Sua presença:

“Andarei na presença do SENHOR, na terra dos viventes” – Salmo 116.9.

Que nossa fé seja um poderoso testemunho de a quem, de fato servimos; e que ela possa nos conduzir àquela boa terra que o Senhor nos preparou.
Que o Senhor nos abençoe!
Pra. Mayara Benedito

© 2016 Igreja do Nazareno Flamboyant
Siga-nos: